(14) 3513-0841 |
COMPROMISSO DE VERDADE
5 de novembro de 2019

Politicamente incorretos…Crônica Política de Carlos R. Ticiano

Os políticos atualmente são considerados uma espécie de praga

 Eles estão mais próximos de nós, do que possamos imaginar. Idêntica ou pior a uma praga de gafanhotos, que atacam e devastam as plantações, os políticos costumam atacar a qualquer hora do dia.  Seus alvos preferidos são os cofres públicos. Não há inseticida que consiga neutralizá-los…  Não há repelentes que consiga afastá-los… Não há mutirão que consiga eliminá-los…

No meio da classe dos insetos mais renomados, esta sendo feito um abaixo-assinado, com o objetivo de expulsá-los de seu convívio diário. Voando de forma perigosa e irregular, os políticos se procriam na calada da noite, nos becos e vielas. Contaminando o habitat natural dos insetos, e dos próprios seres humanos.

Já assinaram o requerimento os mosquitos Aedes Aegypti (originário do Egito) que transmite a chikungunya, mayaro, zika e a dengue. O Flebotomíneo (mosquito palha) que transmite a leishmaniose. O Plasmodium Vivax, que transmite a malária. O Haemagogus (áreas florestais) e seu parceiro Aedes  Aegypti (áreas urbanas), que transmitem a febre amarela. O Culex Quinquefasciatus (popular pernilongo) que transmite vários tipos de febre. Os insetos, digo políticos, se classificam em diversas categorias…

Do tipo chiclete: Se você não olha por onde anda e pisa em um deles, ele vai te acompanhar ate o juízo final. Do tipo anjo: Adormece do seu lado e o desperta com pesadelos, digno de um filme de terror. Do tipo aquecedor: De manhã lhe aquece e durante o dia lhe queima, como raios ultravioleta. Do tipo latinha: Você pisa, amassa e chuta para longe, mas ele volta todo reciclado. Do tipo novela: Faz cenas de ciúmes, chora comovido, mas não dá ibope. Do tipo religioso: Vive pregando a paz, mas só semeia a desigualdade e a injustiça…

Do tipo marmitex: Em baixo feijão, no meio arroz e por cima uma mistura de malandragem, safadeza e segundas intenções. Do tipo trincheira: Não adianta se esconder e se camuflar, pois como num alvo, ele lhe acerta em cheio. Do tipo calendário: Se apresentam cheios de promessas, mas viram os dias, os meses e os anos e nada acontece. Do tipo reality show: Anda caindo em contradição, não sai de cima do muro e quando é eliminado, diz que o eleitor é um traidor…

Do tipo sertanejo: Fica o dia todo cantalorando aquela melodia grudenta: Em vez de você, ficar pensando nele. Em vez de você, viver chorando por ele. Pense em mim! Chore por mim! Liga pra mim!… Há muito tempo que eu te amo. Quero te fazer feliz. Vamos pegar o primeiro jatinho para Brasília. Viaja comigo! Não, não viaje com ele! Vote em mim! Não, não de seu voto pra ele!…   

Por: Carlos R. Ticiano

                                                                                                         

 

 

 

Autor: Carlos R. Ticiano - Publicitário- Administrador de Empresas
Referência: O autor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA REGIÃO.

QUEM SOMOS

Iniciamos as atividades do Jornal de Lins no ano de 2013, inicialmente com versão impressa. Estamos agora em versão online. Buscamos a construção de um veículo de comunicação que tenha Compromisso de Verdade com o leitor e a veracidade da notícia. Estamos construindo um Portal de Notícias e Informações ágil, moderno e repleto de conteúdo para prestar o melhor serviço ao leitor. Um veículo que mostre nossa gente e nossas realizações ao mundo, e traga o mundo até nossa terra.

FALE CONOSCO

Jornal de Lins

JORNAL DE LINS ©2021 | Todos os direitos reservados.
Pular para a barra de ferramentas