(14) 3523-9659 |
COMPROMISSO DE VERDADE
14 de dezembro de 2017

Turma que vai julgar Lula costuma manter condenações dadas por Moro a políticos.

Os desembargadores que devem julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em janeiro mantiveram a maioria das condenações da primeira instância a políticos e integrantes de partidos investigados na Operação Lava Jato, em alguns casos com aumento da duração das penas. A 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) já […]

Os desembargadores que devem julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em janeiro mantiveram a maioria das condenações da primeira instância a políticos e integrantes de partidos investigados na Operação Lava Jato, em alguns casos com aumento da duração das penas.

A 8ª Turma do TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) já analisou nove dos 17 casos de políticos ou integrantes de partidos julgados inicialmente pelo juiz Sergio Moro, da Justiça Federal do Paraná. Moro condenou os envolvidos em todos os casos; os desembargadores deram absolvições em dois e mantiveram a condenação em sete, com aumento de pena em cinco.

As duas absolvições beneficiaram a mesma pessoa: João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT. Em ambos os casos, ele foi absolvido por falta de provas.

No entanto, em um terceiro processo, Vaccari teve a pena mais que dobrada pelos desembargadores da 8ª Turma, saindo de 10 para 24 anos pelo crime de corrupção passiva.

As alterações na dosimetria da pena ocorreram em todas as vezes que a 8ª Turma confirmou a condenação de Moro a políticos e integrantes de partidos, seja para estender ou para diminuir a duração da punição.

O maior aumento de pena, tanto em termos proporcionais como absolutos, foi no já citado processo de Vaccari. Já a maior diminuição aconteceu no caso do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), cuja pena saiu de 15 anos e 4 meses na primeira instância para 14 anos e 6 meses (dez meses de redução).

 

Autor: Redação
Referência: Uol Politica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA REGIÃO.

QUEM SOMOS

Iniciamos as atividades do Jornal de Lins no ano de 2013, inicialmente com versão impressa. Estamos agora em versão online. Buscamos a construção de um veículo de comunicação que tenha Compromisso de Verdade com o leitor e a veracidade da notícia. Estamos construindo um Portal de Notícias e Informações ágil, moderno e repleto de conteúdo para prestar o melhor serviço ao leitor. Um veículo que mostre nossa gente e nossas realizações ao mundo, e traga o mundo até nossa terra.

FALE CONOSCO

Jornal de Lins

JORNAL DE LINS ©2018 | Todos os direitos reservados.