(14) 3523-9659 |
COMPROMISSO DE VERDADE
3 de Janeiro de 2018

Leia sem moderação

Quem não se lembra dos dissimulados comerciais de cigarros dos anos 70, sempre produzidos com atletas famosos e saudáveis, atores do cinema de Hollywood, ou ainda uma atriz bela e sensual?

“Esmedicmentnõérecondadencassuspeddeng”. Não, não se preocupe não estou engasgado, e isto não é um palavrão isto é o que ouvimos em quatro milésimos de segundo, na velocidade de narrador de futebol dos anos 60. Esta é uma frase que deveria ser ouvida assim: “Este medicamento não é recomendado em caso de suspeita de dengue.” De conformidade com a regulamentação de uma lei federal relativamente antiga, está em vigor a determinação da ANVISA (Agencia Nacional de Vigilância Sanitária), segundo a qual toda propaganda de Medicamentos devem conter citações de advertência obrigatória, e ser apresentada com informações completas, objetivas e muito claras. Neste contexto, a frase copulativa: “Ao persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado” talvez ficasse melhor assim: “Se os sintomas persistirem procure um médico”. O modo Irônico e jocoso com que é tratado o pseudo cumprimento de leis e normas, no que se referem à propaganda dos mais variados produtos e bens de consumo, entre eles os medicamentos- que não são bens de consumo, más está inclusos, é uma tática sutil que gera um efeito contrário, porém, muito positivo para os anunciantes e anunciados. Uma dessas formas irônicas, e bem humoradas, é muito vista em propaganda de cervejas. Produções fantásticas, com locação de lugares paradisíacos, nas quais são mobilizados grande aparato, com atores famosos. Geralmente, monta-se uma grande festa com muito churrasco, calor de verão, futebol e muita gente bonita- o sonho de consumo de qualquer pessoa- e ai arrematam com a famosa frase: “Beba com moderação”. Não é raro, ver-se em alguns anúncios de bancos, financiadoras, planos de saúde e outros, aparecer no final do texto uma descrição microscópica e quase sempre desfocada que dá a entender tratar-se de um contrato, uma exibição tão rápida e confusa que jamais alguém conseguirá ler ou entender tais informações.

Quem não se lembra dos dissimulados comerciais de cigarros dos anos 70, sempre produzidos com atletas famosos e saudáveis, atores do cinema de Hollywood, ou ainda uma atriz bela e sensual? Alguns destes comerciais chegavam até a apontar algum benefício do tabaco, e ao final, vinha a mais irônica frase, que acabou entrando para a história, “O Ministério da Saúde Adverte: Fumar é prejudicial à Saúde.”.

 “Falem bem ou falem mal, mas falem de mim.” Ultimamente, grandes marcas de chocolates, refrigerantes e biscoitos tem se beneficiado desta máxima, já que a intenção indevida e pretensiosa de pessoas inescrupulosas, ao tentar difamar determinados produtos, reverte-se em divulgação e propaganda gratuita, quando postam nas redes sociais da internet, algo do tipo: encontrei um dedo humano no pão de forma da marca tal; encontraram um rato em um refrigerante da marca tal, e por ai vai. Idiotices como essas são acessadas e compartilhadas milhões de vezes, Tornando a marca citada muito mais vista e conhecida e ainda dão à mesma a garantia da divulgação gratuita de seus produtos.

 Um comerciante inteligente colocou o sugestivo nome de: “Cafeteria Pretinho Básico”, um termo muito usado no mundo da moda e alta costura. O outro montou sua pastelaria de frente a um convento de religiosos, surgindo ali o “Pastel com vento.” ´’Suco no Saco”, “Churrascaria gato gordo”, “Cachaçaria mata burro”, e muitos outros nomes engraçados e bem humorados são o ponto de partida para negócios e negociantes bem sucedidos.

Por: Idalecio Coutinho

 

 

 

Autor: Idalecio Coutinho
Referência: O autor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E FIQUE POR DENTRO DE TUDO O QUE ACONTECE NA REGIÃO.

QUEM SOMOS

Iniciamos as atividades do Jornal de Lins no ano de 2013, inicialmente com versão impressa. Estamos agora em versão online. Buscamos a construção de um veículo de comunicação que tenha Compromisso de Verdade com o leitor e a veracidade da notícia. Estamos construindo um Portal de Notícias e Informações ágil, moderno e repleto de conteúdo para prestar o melhor serviço ao leitor. Um veículo que mostre nossa gente e nossas realizações ao mundo, e traga o mundo até nossa terra.

FALE CONOSCO

Jornal de Lins

JORNAL DE LINS ©2018 | Todos os direitos reservados.